Além de muita dor, a infecção urinária pode causar paralisação dos rins

23 jul 2015

A infecção urinária é uma doença que pode acometer pessoas de qualquer idade, mas principalmente idosos, pacientes com doenças degenerativas, diabéticos, mulheres pós menopausa, e homens com mais de 60 anos por causa do aumento da próstata. O problema acontece quando uma bactéria entra no sistema urinário e contamina desde o rim até a uretra. Os principais sintomas são dor, ardor ao urinar, dificuldade para urinar, perda involuntária da urina, urina com sangue, pouca urina, desconforto abdominal, calafrios, febre, dor no fundo das costas, enjoo e vômito.

Abdominal pain

A médica nefrologista do Hospital Santa Efigênia, Dra. Willna Lôla Mendes, destacou outras situações em que as pessoas ficam mais vulneráveis ao problema. “Pacientes de cama, senilidade, disfunção da bexiga, dificuldade de urinar, cálculo renal, hábito de prender a urina e ingestão de pouca água durante o dia também são condições que contribuem para o surgimento da doença”, explica.

A médica lembra que ao aparecerem os sintomas, a pessoa deve procurar atendimento médico o quanto antes, pois o problema pode se agravar e se tornar uma infecção generalizada, podendo provocar ou agravar outras doenças e causar a paralisação dos rins.

A boa notícia é que as maneiras de prevenir e evitar a infecção urinária são bastante simples:

Ingerir bastante líquido ao longo do dia, principalmente água;

Evitar prender o xixi, devendo urinar sempre que sentir vontade;

Praticar relações sexuais com proteção;

Urinar após as relações sexuais;

Não utilizar antibióticos sem orientação médica

Para as mulheres, outros cuidados também devem ser tomados, como:

Limpar-se sempre de frente para trás, após utilizar o toalete;

Lavar a região perianal depois de evacuar;

Evitar o uso por longos períodos de absorvente íntimo;

Evitar o uso constante de roupas íntimas de tecido sintético.