A longevidade ao alcance de todos

11 jul 2016

Muito se fala em alimentação saudável, atividade física e suplementos. Estamos vivendo em um mundo onde essas informações chegam por todos os lados: revistas, televisão e, principalmente, redes sociais. Mas tudo isso focado em um único objetivo: emagrecer. E na busca pelo corpo perfeito, as pessoas fazem loucuras e deixam de lado o mais importante, que é a saúde. Nessa correria do dia a dia, terminamos pensando só no hoje, e esquecemos que vamos envelhecer. O bom de tudo é que é possível viver todas as etapas da vida com saúde e vitalidade, se os cuidados começarem cedo.

Vida longa e saudável

Ter uma vida longa e saudável não é nenhum mistério e está ao alcance de qualquer pessoa disposta a seguir uma dieta equilibrada, fazer exercícios físicos regulares, evitar o estresse, e usar suplementos nutrientes e antioxidantes eficazes. Quem afirma é o cardiologista e geriatra Helio Mororó, que atende na clinica Dermospa.  “Na vida moderna são adquiridos diversos hábitos que contribuem para o envelhecimento precoce, como uma alimentação rica em radicais livres, em gordura saturada, excesso de bebida alcoólica, fumo, excesso de sol e estresse”, comenta.

Em um programa de longevidade saudável, Mororó não só alerta os pacientes para evitar esses fatores agravantes do envelhecimento, como também os estimula a praticarem a meditação, induzindo-os, muitas vezes, a buscarem uma religião. “Procuro analisar o paciente através de uma visão holística, levando em consideração o equilíbrio do corpo, mente e espírito. A pessoa não precisa travar uma batalha contra a certidão de nascimento, mas pode seguir um programa para evitar o processo de envelhecimento precoce”, afirma.

Cardiologista e geriatra Hélio Mororó

Cardiologista e geriatra Hélio Mororó

Para quem quer ter uma vida mais saudável, Hélio Mororó fornece algumas sugestões, que são tão simples, que às vezes colocamos de lado, como os bons hábitos da alimentação, a prática de exercícios, entre outros.

O primeiro passo é evitar a margarina e gordura hidrolisada, que obstruem as artérias. O ideal é que se coma muito peixe. A carne vermelha em quantidade moderada, diferente do que muitos pensam, não mata ninguém. Ela é prejudicial porque geralmente é contaminada por hormônios ingeridos pelos animais. A grama que o gado come invariavelmente também já contém vários agrotóxicos, que são prejudiciais à saúde. Já o queijo amarelo, ao contrário do que pensa a grande maioria das pessoas, muitas vezes tem menos gordura que o queijo branco.

O médico lembra ainda que as frutas e legumes devem ser bem limpos e, se possível, lavados com água filtrada. Além disso, ele recomenda fazer exercícios diários e caminhadas regulares, com duração de no mínimo 30 minutos. “Os exercícios e as caminhadas ao ar livre ajudam a absorver a vitamina D3, o cálcio no intestino, além de ajudar na produção de endorfina que previne a depressão e estimula o sistema imunológico”, finaliza.

 

Serviço:

Dermospa

Rua Luís de Camões, 165-A,

Maurício de Nassau, Caruaru (PE)

Fones: (81) 3136.5701 /  (81) 99493.1355 / (81) 99914.9526